Presidente do Evereste participa de reunião institucional na sede da TIM Brasil

 

Segunda-Feira, 7 de agosto - O Presidente do Instituto Evereste, André Fabiano Pereira participou de uma reunião institucional na sede da TIM Brasil na cidade do Rio de Janeiro. O encontro teve como objetivo promover o debate sobre propostas de pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias voltadas à redução dos custos de implantação de redes de dados e voz, incluindo as redes móveis 4G e 5G.

O momento contou, ainda, com a presença de membros da diretoria nacional da operadora e de representantes do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Participaram pela TIM, dentre outros, o Diretor de Arquitetura, Tecnologia e Inovação, Átila Xavier e Claudio Creo, Diretor de Cyber & ICT Security. Pelo ITA se fizeram presentes professores titulares da Divisão de Ciência da Computação, Dr. Clóvis Torres Fernandes e Dr. José Parente de Oliveira, além do Advisor do ITA, Marcelo Vieira de Castro.

O presidente do Instituto Evereste, André Fabiano Pereira pôde propor ideias para o desenvolvimento de soluções de integração e de interconexão mais eficientes e de baixo custo e que viabilizem a inclusão de novas cidades brasileiras - principalmente as da região amazônica - no mapa conectividade nacional.

Na ocasião, o Evereste teve a oportunidade de apresentar os seus projetos relacionados às telecomunicações e às infovias da Amazônia Brasileira, tais como o Programa Amazônia Conectado (PAC) e o Programa Amazônia Integrado e Sustentável (PAIS), demonstrando a capacidade do instituto para apoiar a expansão das redes de telecomunicações brasileiras.

André Pereira, contudo, frisou que o Evereste busca ir além de projetos de infraestrutura de conectividade. As ações do Instituto se mantêm focadas em soluções efetivas de inclusão digital das populações, principalmente das mais desassistidas historicamente, fomentando educação à distância, Telessaúde, Telemedicina, segurança pública eletrônica, entre outros, destacou Pereira.

A TIM é uma das maiores e mais importantes operadoras do setor de telecomunicações e é uma das primeiras a ativar redes 5G no país, focada na conexão rápida e cada vez mais eficiente. Por isso, o Evereste vê com muito bons olhos possíveis processos de cooperação com a TIM e outras operadoras, a fim de estabelecer novas possibilidades de inovação voltadas para as comunicações integradas e infraestrutura de telecomunicação nacional.

 

Coordenadoria de Comunicação Social

RedaçãoCCS/Evereste

Foto: Banco de imagem

Bruno Diogo